Mais dois caminhos para um bom leitor de valises

Querido Poeta Arnaldo Antunes:

 

“Poesia é Visual”… sim!

 

Psiu!

 

Com concretas palavras, cimentamos a VOZ do POETA, e feitos pás de argamassa, selamos nossa língua junto aos dedos, momentos que num pulsar de sangues nos tornam elos, anéis, pontes de letras a palavras.

 

Lentes Concretas, canais de leituras, seremos a boca entre corações, e por aí vamos deCantando na poeira, estrada e vida a outros olhares. Talvez, queiramos que o gosto das sílabas sigam colas a mais palavras, tintas além dos ritmos que no papel serão versos.

 

Psiu!

 

Querido Poeta, sabemos que saliva é clareza, síntese, interação que selam forma e conteúdo que unem carneMente – poesia, oral idade, jogo lúdico – que nos imaginem para mais dias nascerem felizes…

 

E a vida não seria isso?

 

Cantos que conversam, pois seguindo canção a outros significantes, talvez nosso andar siga a concha que colete o ritmo do mar, assim água e signo seguem o fluxo dos rios a contínuos portos vivos que nos re-signifiquem.

 

É verdade: “a poesia tem público muito pequeno, e a canção popular acaba sendo um poderoso meio de veiculação da linguagem poética cantada.” Mas será que sem poesia haveria o vice-versa?

 

Psiu!

 

Querido Poeta, entre piscina e pia, está a linguagem, um mar de tudos que vai além do imaginável, portanto batizável, já que quem a usa é quem vai reinventá-la, e “qualquer coisa que não fique ilesa, qualquer coisa, qualquer coisa que não fixe“ e escorra, desCANTA, perfura a realidade, criando outros cenários para subverter os olhos a olhar o que antes nem existia…

 

Sim, a Poesia é visual!

 

E se insisto, é porque com Ela desejamos ver para ser lidos, tocados por todos, tipo sangue que batuca ossos, cérebro e coração, regaços onde colocamos nossas mãos a produzir conversas, encontros…por isso Vidráguas, uma palavracolada, que feito nascente, deseja um tempo entre-lugares, apesar das movediças fronteiras, titãs, entrelaçamos mãos e mídias para que o canto dos pássaros encontre sempre a sua Foz!

 

Ave Poesia!

E como dizes: “os grandes professores são os que conseguem motivar os seus alunos.”

 

Por isso, uma carta, um escrito, uma conversa e junto abraços mil, um desamarrar de velas para outras Valises.

 

Carmen Silvia Presotto

 

Porto Alegre, 18 de julho de 2008.

Crédito de imagem: Pasticho criado a partir de imagem encontrada em 

www.flickr.com/photos/19759839@N00/979651342/

+++++++++++++++++

 

“O sapo na valise”, de  Jair dos Santos Altério, é agora

 

carregado por  Carlos Pessoa Rosa

__________________

 

E tem o ditado: não deixe para amanhã o que pode ser feito hoje. Ontem a história teria sido outra. Não engoliria o sapo. Mas hoje! Sangue limpo de álcool e droga. Cedo, estou mais para arrependimentos e culpas, menos para acerto de contas. Se descobrisse a fotografia em alguma ilha do dia anterior, esvaziaria a AR-15 nos miolos dos dois. Hoje estou mais para movimentos ecológicos que corpos frios sobre o mármore. Pelo menos, já tenho motivo para colocar a cabeça na rua, é chegar no boteco do Valdir e pedir uma cerveja. O álcool também serve como descarrego da alma. Festejando o quê? É Valdir, sujeito bonachão, tipo dono de boteco, bermudão, camisa aberta e sandália havaiana. Para ser corno tem hora, cara? Valdir é um sujeito educado, não comentou, apenas serviu a bebida. Essa é por conta da casa. Não gostei… Havia algo de sacana no rosto dele, como a me dizer: amigo, a história está na boca do povo… Só você não sabia.

 

Crédito de imagem: Pasticho a partir de imagem Lefteris Pitarakis/AP

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: