ÚLTimo DeSeJO

 

por Carlos Pessoa Rosa

Resolvi abandonar o barco, ouvir as sereias – deixarei que acreditem que me seduziram. Levarei comigo uma valise. Dentro dela o vazio absoluto. Na boca, algumas moedas que darei ao velho Caronte. Espero que me escolha a acompanhá-lo na longa travessia pelo rio de águas turbilhonantes. Para tanto, deixo longo relatório como último pedido onde descrevo com minúcias meu funeral. Contratei um artista plástico para desenhar na valise, em pigmento vermelho, a barca de Caronte sobre as águas salobras do rio. Levo na boca algumas moedas cunhadas em ouro, com o rosto de barba branca e longa do deus, vestido em roupa manchada do negro limo do rio. Não quero vagar cem anos nas margens do rio Aqueronte. Nem pensar! Céu e inferno, já os vivenciei intensamente por aqui mesmo. Agora, quero chegar ao destino final, abrir a valise, libertar o vazio absoluto e degustá-lo como especiaria rara – nem pensar em levar livros ou personagens literários… Na próxima reencarnação, quero ser abismo ou vento. Só me falta tomar essas pílulas…

Imagem: collage por Marco Aqueiva a partir de Gustave Doré, inscrição em vaso grego e olho obtido no portal Flick.

Anúncios

5 Respostas to “ÚLTimo DeSeJO”

  1. Gostei muito do teu post.

  2. Rosemar:
    Rosemar:

    Carlos Pessoa Rosa, como lhe é habitual, capta nas entrelinhas e no negativo da imagem a situação do homem de hoje. Não esquecendo-se da sua linguagem, diria que é por isso um grande escritor.

    De leitora, convido-a a participar como autora.

    Que lhe parece?

  3. analuiza burlamaqui Says:

    Um retrato da angústia . Parabéns.

  4. Carlos Pessoa Rosa!!!

    Um abraço e parabéns pelo ÚLTIMO DESEJO!!!

    Que o Vazio Absoluto escute teu canto, e quando a concha de teu ouvido absorver toda a sonoridade das grandes ondas, envi-nos o múrmurio dos corações que por lá encontrar…

    Que viagem gostasa embarcar nesta Valise!!!

    Abraços Carinhosos

    Carmen Silvia Presotto

  5. Carlos Pessoa Rosa
    você m fez lembrar que eu desjo ser comtemplativa na próxima encarnação. Só me resta saber o nome das tais pílulas que vc deixou incógnitas no belo texto de despedida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: