Anaïs Nin na VaLiSe

 

por Adriana Versiani

         ___________________

 

 

 

 

Anaïs

 

 

 

Era violentamente acariciada

 

Ali mesmo, de pé, tudo vertigem e ópio.

Ondas de dor e prazer

 

Sentimentos de morte a atravessavam.

 

As sílabas se prolongando e a cada movimento,

do céu da boca até os dentes,

os lábios se mexiam bem devagar.

 

A língua dele lambendo suas palavras,

 

Ali mesmo, de pé, foi possuída pelo abismo.

 

 

Arte: “Anaïs por Frida com Beija-Dor” – Marco Aqueiva a partir de Frida Kahlo

Anúncios

5 Respostas to “Anaïs Nin na VaLiSe”

  1. Marco,

    Acho que a colagem ficou melhor que o poema.
    Adorei a dupla. Idéia genial! parabéns e obrigada.
    Bjs,
    Adriana.

  2. Adriana, a imagem talvez redimensione, mas seguramente é a palavra, sua palavra, que dá profundidade e limites à cena e a Anaïs.
    Abraços
    Marco

  3. olá Marco

    eu vou desenvolver algo em torno da Hilda, pode deixar.
    obrigado pelo convite.
    vc pode me informar o seu email?

    abraços
    Rubens

  4. Rubens, fico imensamente feliz que tenha apreciado a idéia.
    Envie para marcoaqueiva@uol.com.br
    ou para marcoaqueiva@yahoo.com.br
    Não posso esconder que estou ansioso pelo seu texto.
    Um forte abraço,
    Marco.

  5. Oi Versiani!

    eros e thanatos!

    Sempre gosto muito de seus textos!

    beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: