VaLiSe do eTERno MareAR

dsc08746-copy1

Arte e texto: Marco Aqueiva

Tirar da valise a última saída.

De olho no objetivo não viu a pedra no meio do caminho.

De olho nas pedras não viu a poeira e as nuvens de água santa, os férteis e elevados campos do Jordão, a rotatória, a placa de advertência “Retorne agora ou perca a vez !”, os muros altos, a redoma de vidro, o queijo lá dentro e seus olhos sem fome que do opaco não escapam.

– Como então tirar da valise outra fantasia sob medida?

 

Rodemos. Caminhemos. Se é mesmo preciso caminhar, caminhemos do cerne oculto da palavra, da obscura sombra que a linguagem carrega, à vida que, mal ainda à luz, certamente será.

 

———————————————–

ET: Em breve, a valise nos trará de volta. 

Anúncios

5 Respostas to “VaLiSe do eTERno MareAR”

  1. Foi muito boa a viagem. Vamos adiante em 2009.

    carlos

  2. analuiza burlamaqui Says:

    Ando juntando coisas para Valise, há tanto ainda por despachar e por escolher. Tarefa de fim de ano, fim de festa, fim de semana e etc. Volto depois e pego a estrada não antes sem desejar um Feliz Ano Novo e se possível procue a Valise Branca deixada num banco de rodoviária, ha um fundo falso com surpresas. Abraços em todos.

  3. Queridos Companheiros de Viagem, de Valise!!!

    Hei, no Vidráguas já está:Projeto Valise 2009!!!

    Um forte abraço, feliz 2009 e que pelas ondas de nossas estradas, sempre seja este eterno mar de encontros a mais escritos, poesia e criatividades!

    Abraços a todos e, especialmente, a Aqueiva por dar o leme o timão para seguir em busca da página em branco… Que Valise, hein AnaLuiza?!

    Com carinho,
    Carmen Silvia Presotto

  4. Caro Marco

    Renovo valises.Retiro sentimentos de vingança, promessas não cumpridas, contos do vigário, inveja de adolescentes.Cumpro meu tempo colecionando guardados que finjo desprezar e digo que jogarei no mar do esquecimento as frustrações.Os anos novos chegam mas os recheios de minha valise continuam velhos como roupas não usadas nos guarda-roupas de minha vida, penduradas umas sobre as outras, sem coragem de descartá-las.Esse será um ano de mudanças.Prometo chegar a ele de valises novas e brilhantes repletas de novidades embrulhadas em papel celofane vermelho a cor da paixão.Então as presentearei aos colecionadores interessados.
    Enquanto isso envio abraços barulhentos de espoucar de fogos de artifício.

  5. Tânia Du Bois Says:

    Caro Marco,

    Podem ser só palavras, mas, ainda se muito vivermos, se muitos amigos tivermos, poucos são os que ficam marcados como boas lembranças a sorrirem em nossas almas. Em 2009, todos estaremos presentes em novas valises (e em muitas viagens).
    Boas Festas!

    Abraços

    Tânia e Pedro Du Bois

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: