VaLiSe(s) pela PoeSiA CORpo SOLidário

gaia-copy

por MARCO AQUEIVA

 

Nos salões e avenidas

a arte de conjugar

braços pernas vertigem

samba suor espirais

 

Outro lado da tela

olhos a olhar taquaras

clarão sem brilho

ao meio das rugas

 

Aqui de mãos vazias

olho surdo ao calor

de sambas conjugando

a nudez ostensiva

 

o turbilhão de imagens

clarão de astros sem brilho

chanchadas maculadas

de álbuns pornográficos

 

Nos quatorze mil verbos

da língua portuguesa

construindo a linguagem

dissonante dos poetas

 

               agem mãos pés braços

por um corpo solidário

 

_________________________

 

14 de março – Dia Nacional da Poesia

21 de março – Dia Internacional da Poesia

 

A partir de 14 de março, publicaremos, além das habituais valises ficcionais e ensaísticas, textos que circundem a poesia, que dela tratem, conjugando vozes, construindo um canto solidário.

 

Meus amigos:

Contribuam, enviando sua colaboração para

 

marcoaqueiva@yahoo.com.br

 

 

 

 

 

Anúncios

Uma resposta to “VaLiSe(s) pela PoeSiA CORpo SOLidário”

  1. Que boa notícia este canto poético.
    Aqueiva, Vivas ao verbo que enlaça os poetas a mais abraços!!!

    Abraços.
    Carmen Silvia Presotto
    http://www.vidraguas.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: