FaZENdo aS mALas

webshots-wallpaper-065-copy1

Collage por Marco Aqueiva 

DANUZA LEÃO: Fazendo as malas

por Tânia Du Bois

 

Danuza Leão “uma mulher multimídia”, uma mulher sem medo de experimentar o novo, diz que “viajar ainda é das melhores coisas do mundo”.

A musa Danuza lançou o livro “Fazendo as Malas”, onde mistura dicas de viagem com comportamento. Relata dicas de hotéis, restaurantes, passeios e as “obrigatórias” compras.

Nesse livro, ela traz uma mala cheia de histórias para quem gosta de viajar sem sair de casa, apenas deixando a imaginação voar.

O interessante no livro é que as dicas são de quem conhece o lugar, de quem anda muito para captar a essência da cidade com o olhar requintado e, ao mesmo tempo, simples, com o intuito de indicar caminhos e peculiaridades da cidade com distinção do que é importante e especial para ser visitado. Ela apresenta sua visão sobre os lugares: Sevilha, Lisboa, Paris e Roma. Em Paris, ela destaca a livraria “La Hume”, porque nela pode ser encontrado qualquer livro desejado.

Danuza, aos 75 anos, é uma especialista em viagens. Possui 13 passaportes, todos repletos de carimbos… Deixa sua imaginação viajar ao publicar “Fazendo as Malas”, com a missão de compartilhar sua experiência de mais de 60 anos de viagens.

No entanto, Danuza é capaz de nos surpreender sempre. Ao contar as suas viagens, destacou, no Brasil, a cidade de Mossoró, no Rio Grande do Norte, como o “lugar mais curioso” que visitou. Explica, “o hotel em que eu estava tinha piscinas em níveis, como escada, e me disseram que quando foram fazê-las, quanto mais escavam, a água ficava mais quente. Depois, nessa escavação, descobriram petróleo. Então, a cidade inteira possui aquela máquina de tirar petróleo, como as que existem no Texas, chamada cavalo. Você passeia por Mossoró e encontra casas com um “cavalo” no quintal, tirando petróleo. O mesmo na praça, no centro da cidade. Não é curioso?”.

Danuza é fascinante. Curioso mesmo é quando ela diz, “fazer as malas é ter que fazer escolhas. E uma das coisas mais difíceis na vida é ter que optar”.

Ao optarmos por ler “Fazendo as Malas”, podemos sentir o gosto pela vida.

 

Anúncios

Uma resposta to “FaZENdo aS mALas”

  1. Que boa dica, Tânia!

    Ter opção, para mim, é a melhor viagem.
    É! E “Fazer as malas” será sempre um grande Projeto para seguir vivendo…

    Abraços,
    Carmen Silvia Presotto
    http://www.vidraguas.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: