VaLiSeS meta-PoéTicAs Vi

dali_michelangelo-copy

Collage à base de Michelangelo e Dali por Marco Aqueiva

Motivos para um poema

por Majela Colares

 

na frieza do papel nasce o poema

que há muito contornava minha mão

 

na incerteza dos dedos, o dilema

 

em fazer um poema sem razão…

mas o verso não surge por acaso

 

sempre tem um segredo, um senão

 

desenhado na face, no sorriso

que sorri outra face com ternura

 

– o rosto imaginado – só por isso

a razão do poema é razão pura

____________

Fonte: Majela COLARES.  Quadrante lunar. Rio de Janeiro: Calibán, 2005.

Anúncios

Uma resposta to “VaLiSeS meta-PoéTicAs Vi”

  1. Os poemas têm mesmo rosto, olhos, alma.

    Bonito, como sempre.
    Beijucas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: