O risco da poesia: poesia por algum risco

Imagem

i

Abramos as vidraças

Respiremos em lugar
de incêndios e fios de aço
o que escapa nos ares

sobrevivente às palavras

_____________

Mais desta série de poemas — É só clicar no link

http://www.cronopios.com.br/site/poesia.asp?id=5338 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: