Archive for the Poética Category

VaLiSe à QuiNTa-PoéTiCa

Posted in José Geraldo Neres, literature, Poética, poema, poesia, Poesia Ibero-americana, Poetry, Quinta Poética na Casa das Rosas, semiótica, Valises on 27 outubro, 2012 by Marco Aqueiva

Anúncios

uMa VaLiSe à MeCâNiCa CeLeSTe

Posted in Art, arte, artes plásticas, Artes Visuais, Literatura Brasileira, Poética, poema, poesia, Poetry, Valises on 20 outubro, 2012 by Marco Aqueiva

SaD PLaYeR

Posted in Art, arte, artes plásticas, Artes Visuais, Mallarmargens, Poética, poema, Poema Visual, poesia, Poetry on 26 maio, 2012 by Marco Aqueiva

Publiquei na Revista Mallarmargens um ecografismo (poema visual).

Confiram no link

http://mallarmargens.blogspot.com.br/2012/05/sad-player-s-d-o-o-s-s-o-r-n-o-i-e-l-m.html#!/2012/05/sad-player-s-d-o-o-s-s-o-r-n-o-i-e-l-m.html

GrãO pÚbiS da MedUsa para O GraNde pÚblicO

Posted in crônica, Cronópios, literatura, Literatura 2011, Literatura Brasileira, literature, Metamorfoses, Mito, Poética, semiótica on 22 dezembro, 2011 by Marco Aqueiva

 

Lenda de sólidos paparazzis viciando telespectadores e leitores numa sala de espelhos e reflexos. Ou no respaldo circular dos acessos solitários a web.

Trecho de crônica sobre o poder da mídia publicada no Cronópios. Para mais, segue o link:

http://www.cronopios.com.br/site/prosa.asp?id=5256

DoS caRRegaDoreS De MaLaS

Posted in literatura, Literatura 2011, Literatura Brasileira, literature, Poética, poema, poesia, Poetry on 15 julho, 2011 by Marco Aqueiva

O moço de recados guarda

dedos murchos, face caída

velha foto sem mais vê-la

 

Rugas cansaço cegueira

zarolho e remoendo a vida

entre pés camas e malas

 

Oculta o moço recadeiro

chorinho mal engolido

todo o fardo em uma lágrima

 

Oculta esse moço versículos

nos fios brancos luzidios

face suja de álcool e culpas

 

Fardo que guarda o velho moço

dor que só ele a levá-la

oculta dentro da mala

Imagens da noite: diálogo com muitas vozes

Posted in Art, arte, Chico Science, Crítica, Crítica Literária, Cronópios, Ensaio, Fred Zero Quatro, literatura, Literatura 2011, Literatura Brasileira, literatura latino-americana, Nação Zumbi, Poética, poesia, Poetry, prosa poética, semiótica, Valises on 25 fevereiro, 2011 by Marco Aqueiva

Há poucos dias foi publicado no CRONÓPIOS o primeiro texto de uma série em que dialogo com vozes da atual produção poética brasileira.

Ficarei bastante contente e satisfeito se acompanharem a publicação.

Confiram o início

http://www.cronopios.com.br/site/poesia.asp?id=4909

 

GERMiNAndo: UivO pOr eSSa cOiSa dE paSSagEm

Posted in Allen Ginsberg, Germina, literatura, Literatura 2011, Literatura Brasileira, literatura latino-americana, literature, Philip Glass, Poética, poesia, Poetry, Poets in New York, prosa poética, semiótica, Valises on 3 janeiro, 2011 by Marco Aqueiva

que essa coisa de passagem me traz no uivo o eco de cada coisa. o rumor da monotonia sabe à árvore que espera. a presença da árvore junto ao portão sabe a um riso. adolescente incontido. as espirais da inocência sabem à menina por quantas ágeis curvas e inexprimíveis dores contornam o uivo. 

Mais do texto, vale navegar na Germina Literatura e chegar ao link abaixo:

http://www.germinaliteratura.com.br/

http://www.germinaliteratura.com.br/2010/marco_aqueiva.htm